Manifestações na Esplanada terão reforço policial e revista dos participantes
30/11/2016 19:44 em protestos

Nove ministérios, a Catedral, a Avenida das Bandeiras, o Museu e a Biblioteca Nacional amanheceram depredados nesta quarta-feira, após as manifestações ocorridas na Esplanada, em Brasília.

A Secretaria de Segurança Pública e Paz Social do DF divulgou balanço de todos os prédios que sofreram danos, como vidros e refletores quebrados e paredes pichadas.

Os ministérios atingidos foram o da Educação; do Desenvolvimento e Esporte; da Cultura e Meio Ambiente; do Planejamento e do Desenvolvimento Social ; da Agricultura; da Integração Social e o da Ciência e Tecnologia; das Comunicações e dos Transportes; Da Aeronáutica; e o da Indústria e Comércio Exterior.

Ao todo, 27 placas de sinalização foram arrancadas e amassadas, cinco paradas de ônibus quebradas, diversos cones e cavaletes queimados, um controlador de velocidade danificado e dois veículos queimados. Foram quebradas ainda as vidraças de uma agência do BRB no Setor Bancário Sul. 

Vinte pessoas precisaram de atendimento médico com ferimentos leves ou intoxicação por gás lacrimogênio. Dois policiais militares foram atendidos no Hospital de Base, um com perfuração de faca nas costas e o outro atingido na cabeça. Ambos necessitaram de sutura.

A manifestação contra a Proposta de Emenda à Constituição 55, que limita os gastos públicos reuniu 10 mil pessoas - de acordo com PM- e 50 mil , segundo os organizadores. Como resultado das depredações, a secretaria anunciou reforço no esquema de segurança em dias de protestos e a volta das revistas na chegada à área central da cidade.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE