Bar voltado ao público LGBT inaugura noite da música sertaneja
01/11/2016 07:43 em Famosos

Após um ano sabático viajando entre Londres e Madri, Massay Guerreiro passou três meses estudando aonde iria abrir seu primeiro bar em São Paulo. Psicólogo, ele largou tudo para trás antes da viagem e passou os últimos 40 dias organizando tudo para a inauguração do Boteco do Massay, na Noite de sexta-feira, 21. Massay tem como sócio seu namorado, Marcelo Forin. Ambos decidiram que o local voltado para o público LGBT tinha que contar com músicas além do eletrônico.

"Quis criar algo para diferenciar. As pessoas associam muito o ser gay com a música eletrônica. Então trouxe a quartaneja, que é para gays e heteros", contou Massay durante a inauguração da noite Country no bar, nesta quarta-feira, 26.

A ideia é criar um ambiente onde os frequentadores se sintam confortáveis para dançar juntinhos. "Quando a gente vai no Villa (Country - tradicional casa sertaneja de São Paulo), a gente fica intimidado para dançar junto", afirmou o empresário, que garantiu nunca ter sofrido preconceito em suas visitas a outras baladas sertanejas. "Nunca sofri homofobia", afirmou ele.

Para recepcionar os frequentadores, tanto Marcelo e Massay quanto os funcionários da casa vestiram blusa xadrez e entraram no clima Country. Para o show de estreia, o som de Juann Cateli, que entrou para tocar por volta das 21h, seguido de Rodrigo Rios. A apresentação musical mais cedo é uma exigência de Massay, que quer fazer do bar muito mais um lugar de esquenta do que de balada. "Estou cansado de balada. Fui bem egoísta. Fiz pra mim, pra curtir algo mais cedo. No dia seguinte ainda vou e corro no Ibirapuera", disparou ele.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE